iG - Internet Group

iBest

brTurbo


06/07 - 08:43hs

SBT acredita que Gugu está fazendo papel de vítima para evitar multa, diz jornal

 

Atualizada às 13h40

 

Depois de assinar um contrato de oito anos com a Record e dizer que ficará no SBT até março de 2010, quando termina o seu contrato com a emissora de Silvio Santos, Gugu Liberato passa a ser visto como bom-moço. Mas para a cúpula do SBT, o apresentador está se fazendo de vítima, como informou a coluna “Outro Canal” do jornal Folha de S. Paulo.

 

Acontece que com essa estratégia, Gugu sai ganhando em dois lados. Primeiro porque a Record não precisa pagar sua multa de rescisão – que acredita-se ser de R$ 9 milhões – e segundo porque, como já alardeou Gugu, ele não quer sair pela porta dos fundos do SBT.

 

O problema é que, com isso, Silvio Santos fica com o papel de vilão na história, principalmente por ter decidido alterar o horário do “Domingo Legal”, apresentado por Gugu.

 

No entanto, segundo uma nota enviada pela assessoria do SBT, a mudança de horário do "Domingo Legal", foi "motivada exclusivamente por critérios de planejamento e estratégia de programação". A direção do SBT fez questão de esclarecer ainda que afastou o assessor pessoal de Gugu, Homero Salles, que, "aproveitando-se do 'trânsito livre' pelos corredores do SBT, agia em prejuizo à empresa, ao aliciar profissionais para concorrentes".

 

 

Leia também: 

Com contrato assinado com a Record, Gugu surpreende e não rompe com o SBT

 

Gugu visita a Record para assinar contrato com a emissora

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Rede Record/ Divulgação

Babado Gugu Liberato

Gugu Liberato

publicidade

Contador de notícias