iG - Internet Group

iBest

brTurbo


22/05 - 17:29hs

Marcelo Tas será processado por chamar integrantes do grupo de Boing Boing de "prostitutas"

Yuri Ikeda

Marcelo Tas vai ser processado pelas garotas do Sexy Dolls. No programa "CQC" da última segunda-feira (18), transmitido pela Band, o apresentador falou que o grupo era formado por "seis prostitutas" e depois se corrigiu, dizendo que eram três atrizes pornôs. Em entrevista ao Babado, Sabrina Boing Boing, uma das componentes, deu seu veredicto sobre a gafe: "Ele foi infeliz, preconceituoso e mal-informado".

 

Vídeo: Tas chama Sexy Dolls de prostitutas

 


Ao contrário das outras duas meninas que fazem parte do Sexy Dolls (Carol Miranda e Julia Paes), que já tiveram papeis em filmes eróticos, a loira nunca foi contratada para este tipo de trabalho. "Como uma pessoa vai afirmar que são prostitutas? ou ladras? Ele, como formador de opinião, tem que ser responsável por tudo que diz", justifica, dizendo que irá processar o jornalista por calúnia, difamação, danos morais e preconceito.


 


Marcelo Tas e as meninas do Sexy Dolls

 


"Fiquei sabendo por familiares. Não tenho o costume de assistir ao programa, principalmente porque acho chato. Mas já tinha participado do CQTeste e tinha corrido tudo bem. Me surpreendeu a atitude dele", conta Sabrina. Ela ainda garante que já entrou com uma liminar para proibir a reapresentação da matéria na reprise de sábado (23).

 
Sabrina não está chateada apenas com a gafe cometida pelo apresentador, mas também pelo tom maldoso da reportagem. "Achei que foi depreciativa. Se nós somos tão ruins, por que eles enviaram uma equipe e ficaram esperando três horas pra gravar?", questiona, indignada.


"Estou muito decepcionada, é uma infelicidade imensa. Meus pais são evangélicos e a Julia tem filhos na escola. Imagina o que eles não ouvem dos coleguinhas depois do que aconteceu? Não existe dinheiro no mundo que vá pagar tudo isso que a gente está passando", concluiu.

 

A assessoria de imprensa da Band disse que não comenta processos judiciais. A emissora apenas frisou o fato de que Tas se corrigiu logo depois de ter cometido a gafe, mas não garante que o trecho não será reprisado no próximo sábado.

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Fabio Guinalz/AgNews

Babado Julia Paes Carol Miranda Sabrina BoingBoing

Julia Paes, Carol Miranda e Sabrina Boing Boing: processo contra Marcelo Tas

publicidade

Contador de notícias