Babado






notícia publicada em 19/02/2002 às 19:02

Crítica: Descontrole estréia na Band sem novidades



Por Daniel Marcusso Apostando no "humor inteligente" de Marcos Mion, a Band estreou na última segunda-feira o programa Descontrole. Com uma audiência razoável, a atração que deixou a emissora em terceiro lugar, ao lado da Rede TV! e da Rede Record, não decepcionou seus fãs, mas também não agradou quem nunca o acompanhou na MTV. Sem muita novidade, o apresentador recebeu o divertido Supla, um "sósia" do cantor que, embora tivesse a voz parecida com a do "Rei da Mídia", fisicamente estava mais para o Luciano Huck, e tirou sarro de atrações televisivas antigas (um vídeo do Trio Los Angeles, na década de 80, foi um dos momentos mais inspirados). Mion juntou o Piores Clipes com o Uá Uá, bateu no liqüidificador e colocou a mistura numa forma, digamos, mais quadrada do que a que estava acostumado a usar na MTV. Segundo a emissora, novos ingredientes foram acrescentados, como o incentivo à cidadania, matérias externas gravadas pelo próprio apresentador, liberdade para receber ou não convidados e mostrar os bastidores da televisão. Artifícios que podem chamar a atenção não apenas de seus fiéis seguidores, mas também de um público carente por entretenimento e diversão neste horário. A massa acabou de ser levada ao forno e o resultado o telespectador espera nos próximos capítulos.

Veja mais notícias de: TV Bandeirantes